Quarta, 23 de Agosto de 2017

Blog PMMA

Lançamento do PMMA de Teófilo Otoni

Categoria: Blog
Acessos: 411

modelo 288

Logo do PMMA de Teófilo Otoni

 

PLANO MUNICIPAL DA MATA ATLÂNTICA DE TEÓFILO OTONI

“Mata Atlântica” a Gema mais Preciosa de Teófilo Otoni.

O Plano Municipal da Mata Atlântica de Teófilo Otoni será lançado no próximo dia 30/06 pelo Prefeito Getúlio Neiva na Plenária da Câmara Municipal, as 16 h.

O PMMA foi executado de forma participativa, desde a mobilização social até a instituição do corpo técnico responsável, a escolha da metodologia aplicada e a aplicação das oficinas na área urbana e rural. No total já foram realizadas 13 oficinas, sendo 11 de diagnóstico, 01 de planejamento e 01 de Audiência Pública de Validação pela sociedade e pelo CONDEMA.

O corpo técnico de profissionais foi composto por representantes de instituições que apoiaram a prefeitura na sua elaboração. Os principais parceiros do PMMA são a Prefeitura Municipal de Teófilo Otoni, o IEF – Regional Nordeste e a EMATER, que investiram em recursos. No entanto, recebemos o apoio de outras instituições: SEMAD, SEDA e parceiros do Programa Municipal “Teófilo Otoni Sustentável”. Destacamos também a participação do CEDEF – Centro de Estudos e Desenvolvimento Florestal de Viçosa, na produção dos mapas temáticos do município de Teófilo Otoni, incluindo os mapas das áreas prioritárias para conservação e preservação.

Além dos conteúdos coletados pela matriz metodológica da pesquisa aplicada que resultou no Plano de Ação, foram também, selecionadas 55 áreas prioritárias para conservação e outras 55 para recuperação pelos participantes das comunidades, de maneira que, cada região escolheu 05 áreas prioritárias de cada quesito.

A coordenadora do PMMA, Estela Maria Boscov Garcia, atribui o sucesso absoluto alcançado ao excelente trabalho de mobilização social desenvolvido, que conseguiu atrair e agregar representantes às mais diversas instituições e organizações, principalmente das comunidades rurais.

Primeira imagem

segunda imagemm

terceira imagem

quarta imagem

 

Estela Maria Boscov Garcia

Coordenação do PMMA de Teófilo Otoni

SMMADS/IEF

Fundação SOS Mata Atlântica anuncia projetos aprovados pelo edital para apoio à criação de UCs Municipais

Categoria: Blog
Acessos: 299

modelo 1

A Fundação SOS Mata Atlântica anuncia os 24 projetos aprovados pelo edital para o apoio à criação e implementação de Unidades de Conservação (UCs) Municipais no país. O objetivo é estimular as cidades a fortalecerem a gestão ambiental de seus territórios, investindo no planejamento e na execução de medidas que assegurem proteção e uso sustentável do ambiente. A iniciativa faz parte das comemorações dos 30 anos da ONG e conta com o patrocínio de Bradesco Cartões, Bradesco Seguros e Repsol Sinopec Brasil.

Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica, ressalta a importância do edital. “É um conjunto de projetos agregadores que contribuirão muito para fortalecer esses importantes mecanismos de conservação da biodiversidade local, reunindo poder público, instituições e pessoas para somar esforços voltados para as Unidades de Conservação e as políticas de proteção nos municípios da Mata Atlântica. Esta agenda é uma nova prioridade de atuação da Fundação”.

Erika Guimarães, coordenadora de Áreas Protegidas da ONG, lembra a importância das UCs municipais para o bem-estar da população: “Teremos novos parceiros para uma atuação mais integrada, buscando fortalecer essas áreas que oferecem serviços ambientais relevantes e melhoram a qualidade de vida de todos nós”.

O edital recebeu propostas em 4 linhas:

imagem 2

Dos 24 projetos aprovados na etapa final, 17 seguiram a linha 4, que trata de ações para a implementação efetiva de UCs municipais já criadas e foi a linha que recebeu mais propostas. No que diz repeito aos tipos de Unidades de Conservação contemplados, houve uma distribuição equilibrada entre UCs de proteção intregal (10) e uso sutentável (11),  e outras 3 propostas para estudos de criação de novas UCs.

Mar e Floresta

Das propostas recebidas, quase metade foram para unidades de conservação em ambientes costeiros e marinhos. “Isso reflete a importância que as UCs Municipais também têm para auxiliar o Brasil a atingir as suas metas de proteção do mar e da costa, ambientes hoje muito mal representados no conjunto de unidades de conservação brasileiras”, explica Diego Igawa Martinez, biólogo do programa Costa Atlântica da Fundação. Essa proporcionalidade se refletiu nas propostas aprovadas:

imagem 3

Bradesco Cartões e Bradesco Seguros, que patrocinam diversos projetos da Fundação SOS Mata Atlântica, destinam os recursos às UCs na área de Floresta, por meio do Programa de Áreas Protegidas da Mata Atlântica. Já os recursos para as UCs municipais costeiras e marinhas são destinados pela Repsol Sinopec Brasil, que patrocina projetos de conservação destes ambientes através do Programa Costa Atlântica da Fundação.

Abaixo a lista dos projetos aprovados:

Os municípios da região Sudeste concentram a maior parte das propostas aprovadas, seguidos pelos das regiões Nordeste e Sul, incluindo 10 propostas focadas no ambiente costeiro-marinho e 14 em florestas interiores. Os projetos encontram-se distribuídos em 11 dos 17 estados da Mata Atlântica.

imagem 4

Para mais informações, acesse www.sosma.org.br/projeto/ucs-municipais/.

Fonte: https://www.sosma.org.br/105146/conheca-os-projetos-aprovados-edital-de-apoio-ucs-municipais/

Confira o vídeo "Nós somos a Mata Atlântica"

Categoria: Blog
Acessos: 307

modelo 2

Lançado no Viva a Mata 2016, o vídeo “Nós somos a Mata Atlântica” aborda nossa relação com a floresta e apresenta a história de 3 pessoas reais, os jovens Carolina Ferrés, produtora cultural e idealizadora do Projeto Cidade Azul; o Gabriel Silva, caiçara de Ilhabela e estudante de arquitetura; e o Matias Borgstrom, cineasta independente e ativista ambiental.

Cada um, à sua maneira, atua em prol da Mata Atlântica. E é justamente nisto que a SOS Mata Atlântica acredita, que pequenas atitudes de cada um de nós podem transformar o nosso ambiente.

Para reunir histórias como essas, a Fundação criou o portal GPS Mata Atlântica, uma ferramenta para as pessoas compartilharem suas causas com milhares de outras pessoas que têm um interesse em comum: proteger o ambiente em que vivemos.  E você também pode nos dizer qual é a sua causa e o que você faz pela Mata Atlântica. É só acessar o site gpsmataatlantica.org.br e contar pra gente.

Clique aqui e confira o vídeo.

 

Fonte: https://www.sosma.org.br/blog/confira-o-video-nos-somos-mata-atlantica/

logopequeno

Você está aqui: Home Blog